De Segunda a Sexta-feira: 09:00 às 21:00 e Sábado: 09:00 às 12:00
 
 
HOME
NOSSO ESTÚDIO
AULAS
MASSAGENS
TERAPIAS NATURAIS
HORÁRIOS
PROFISSIONAIS
BLOG
AGENDA
FALE CONOSCO
 
Ícone de menu
HOME
NOSSO ESTÚDIO
AULAS
MASSAGENS
TERAPIAS NATURAIS
HORÁRIOS
PROFISSIONAIS
BLOG
AGENDA
FALE CONOSCO

Sarvangasana: Posição da Vela

Modalidades e Posições

Continuando nossa série, hoje nós vamos trazer para o Blog do Essência uma das posições mais extremas e poderosas do yoga. A Sarvangasana, também chamada de Posição da Vela, Postura Sobre os Ombros, Invertida Sobre os Ombros e, em inglês, Shoulder Stand é ideal para quem deseja trazer novo fôlego ao corpo e tranquilizar o pensamento.

Sarvangasana: O que é?

A Sarvangasana (Sarva = todos / Anga = membro / Asana = postura) é considerada uma postura de nível intermediário/avançado, portanto, exige muito cuidado e auxílio, se for o caso, para que seja executada. A Posição da Vela é também assim denominada pela configuração que implica quando está 100% concluída: corpo invertido, reto e pés completamente juntos e esticados, lembrando o formato de uma vela acesa, de fato. Sua principal característica, entretanto, é a inversão do corpo dada com o movimento de elevação executado, que ajuda a reduzir dores e inchaços nas pernas e nos pés do praticante, além de melhorar o fluxo cerebral, o funcionamento do sistema digestivo, hormonal, endócrino entre outros.

Mulher praticando Yoga - Sarvangasana - Posição da Vela

A Sarvangasana oferece tantos benefícios que recebeu o título de rainha de todas as posições do yoga. Altamente indicada para quem sofre com os efeitos negativos da insônia e precisa de um sono profundo, por exemplo, pode ser feita em qualquer horário do dia, não necessariamente no período da noite. Mas, num contexto geral ela energiza todo o nosso corpo.

Como é a sua prática?

Como foi dito, não é uma postura tão prática e fácil de ser concluída e mantida, mas você pode seguir o seu ritmo e, com o tempo, absorver qual é a melhor forma de fazê-la sem que pinte o desânimo ou chateação mediante dificuldade. Como em toda prática yogi, o mais importante é respeitar o limite do seu corpo, conhecendo-o cada vez mais através do tempo e dedicação oferecidos ao método, sem deixar de lado características fundamentais para um yogi como a determinação, coragem e persistência.

A Sarvangasana exige que o praticante mantenha os cotovelos próximos ao corpo, sem que eles se afastem, já que o peso do corpo precisa se concentrar apenas nos ombros, não na cabeça e no pescoço. Sem esse equilíbrio a postura pode se tornar desconfortável, sentimento que nenhum adepto do yoga deseja.

Com uma manta grossa, o movimento inicial é deitar e esticar todo o corpo nessa estrutura. Mais uma vez, vale observar as reações corporais sentidas. Pressões na cabeça, nos ouvidos, garganta e olhos são um indicativo de que é melhor parar ou recomeçar, mas sem pressa para que a inversão se dê de forma leve e fluida. Quando sair da postura lembre-se de descer lentamente, acompanhando, de preferência, o ritmo da sua respiração.

Por se tratar de um asana muito completo no que diz respeito aos benefícios, quanto mais eficácia você atingir na execução, melhor para todo o seu corpo. A realização correta entre 5 e 10 minutos é a mais recomendada, porém, dependendo do grau de evolução do yogi e das instruções do profissional que o acompanha, pode estender-se para mais tempo.

Benefícios e Vantagens

De longe, esta é sim uma das posições dentro da filosofia do yoga mais revigorantes, poderosas, energéticas e estimulantes, não por acaso são muitos os benefícios trazidos com sua execução e prática regular. Uma das razões para tanto está na pressão do peito contra o queixo do yogi, o que estimula a glândula tireóide e ajuda a equilibrar vários sistemas do corpo.

Ao nutrir o cérebro com mais fluxo de sangue, o que ocorre pelo processo de inversão corporal que apresenta, a Sarvangasana beneficia o adepto com tranquilidade mental, reduz os efeitos nocivos do estresse, diminui estados emocionais como ansiedade, depressão, insônia e síndrome do pânico, combate dores de cabeça como cefaleia e enxaquecas crônicas e alivia os pormenores da menopausa.

Com relação à nossa estrutura óssea ela também oferece melhoria, pois promove a regeneração dos ossos e reduz o risco de calcificação, bem como a nossa respiração também só tem a ganhar, já que favorece o aumento da troca de ar em nosso corpo, massageando os órgãos abdominais.

A Sarvangasana alivia a pressão da gravidade em músculos anais, amenizando hemorroidas, por exemplo. Tonificar pernas, abdômen graças à drenagem do sangue e de fluidos corporais deteriorados também são vantagens que o praticante desta posição consegue obter, assim como as vértebras do pescoço e das costas ganham mais flexibilidade enquanto olhos, ouvidos e amídalas do yogi são revigorados, o que dificulta o surgimento de problemas como dores e infecções.

Destacamos mais alguns outros benefícios:

  • Irrigação intensa da esfera cerebral, beneficiando a memória, concentração, a visão, audição e vitalidade das células neuronais;
  • Tranquiliza e alivia a ansiedade;
  • Combate diversos males da coluna;
  • Corrige problemas de circulação e previne problemas cardíacos;
  • Tem poderoso efeito na cura da insônia.

Há Contraindicações?

Existem algumas restrições dentro da prática da Sarvangasana que não podemos ignorar. Ela não é recomendada para quem lida com problemas cardiovasculares ou grávidas, do mesmo modo que mulheres no período menstrual, pessoas com disfunções na região no pescoço, problemas nos olhos, pressão alta e falta de ar também devem evitar.

Quem lida com o glaucoma, lesões nas mãos, ombros e área lombar, diarreia, e problemas nas articulações também deve ficar bem longe da Sarvangasana, optando por outras posturas, já que o yoga aporta uma infinidade delas e dentro dos mais diversos níveis.

Essa é desafiadora, não é mesmo? Mas, em contrapartida, repleta de benefícios para nosso corpo e para a mente. Aqui no Essência Yoga todos os instrutores estão preparados para levar você aos seus melhores resultados quando o assunto for a Sarvangasana – e para outras posições incríveis e surpreendentes.

#Namastê - e até a próxima matéria!


Leia também

Kakasana: O corvo como Símbolo de Equilíbrio e Força
Surya Namaskara: Você saúda o Sol e o Sol saúda Você


Gostou da matéria?

Compartilhe com seus contatos!


Facebook do Essência Yoga Instagram do Essência Yoga LinkedIn do Essência Yoga Twitter do Essência Yoga


Essência Yoga | Yoga e Massoterapia © 2016 | Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Linking Sites

Whatsapp